Ombro Amigo | Crematório e Cemitério da Penitência
Fale consoco pelo Whatsapp Fale Conosco: (21) 2580-6489 Visite nossa página no Facebbok

O que dizer para consolar uma pessoa enlutada? A palestra da assistente social Márcia Torres vai orientar sobre os melhores procedimentos e o que evitar na hora de acolher uma pessoa no processo do luto. O evento acontece na próxima quarta (13/6), às 9 horas, na Capela Histórica do Crematório e Cemitério da Penitência, na programação da campanha A Vida Não Para.

Para uma pessoa que acabou de perder um ente querido, alguns comentários podem provocar mais tristeza e até revolta. O alerta é da assistente social Márcia Torres, coordenadora da campanha A Vida Não Para, que presta apoio gratuito a enlutados. Na próxima quarta (13/6), a profissional vai realizar a palestra Como ajudar a pessoa enlutada?, que dará dicas de como agir para ajudar o próximo no momento da despedida.

Segundo Márcia, quando a frase dirigida ao enlutado é colocada de forma inadequada, o sofrimento da pessoa pode aumentar e até trazer consequências graves porque, no processo de separação, os indivíduos não querem imaginar que o ente não vai estar mais ao seu lado. Na palestra, Torres e a psicóloga Jennifer Cardoso vão sugerir procedimentos e orientar os participantes das melhores formas de lidar com o enlutado, objetivando evitar impacto emocional ao indivíduo.

A campanha A Vida Não Para é uma parceria do Crematório e Cemitério da Penitência com o grupo Amigos Solidários na Dor do Luto-RJ e acontece quinzenalmente, sempre as quartas, às 9 horas, na capela histórica do cemitério, que fica na Rua Monsenhor Manuel Gomes, 307, no bairro do Caju. A cada encontro é tratado um assunto relacionado ao luto, as suas consequências e a elaboração. A campanha A Vida Não Para tem como padrinhos a atriz Cissa Guimarães e o técnico de futebol Abel Braga.