Luto, um processo sobre a perda | Crematório e Cemitério da Penitência
Fale Conosco: (21) 2580-6489

No dia 24 de abril, às 10h, temos mais um encontro da nossa campanha A Vida Não Para. Nele, a coordenadora do grupo e assistente social, Márcia Torres, vai falar sobre o processo da perda e suas singularidades.

Deixamos abaixo um texto escrito por Márcia Torres em solidariedade àqueles que perderam familiares e entes queridos nas chuvas que caíram no Rio de Janeiro na semana passada.

Serviço

  • Campanha A Vida Não Para – com Márcia Torres (assistente social)
  • Tema: Luto, um processo sobre a perda
  • Data: 24 de abril – quarta-feira
  • Horário: 10 horas
  • Local: Crematório e Cemitério da Penitência
  • Endereço: Rua Monsenhor Manuel Gomes, 307, Caju, Rio de Janeiro.
  • Informações: (21) 2580-6489

 

A Vida por água abaixo

Mais uma tragédia nos abate durante a noite e a madrugada. Famílias neste momento choram a dor pela perda de seus entes queridos.

Dificilmente pensamos nessa possibilidade de que de uma chuva virão mortes, chuva (fenômeno natural que muitas vezes já nos fez tomar aquele banho na infância) que cai, que é água como lágrimas vindas do alto do céu.

Uma coisa que deixa um enlutado chateado é ouvir: não chora, vai te fazer mal, a pessoa que se foi vai ficar triste. Por que não chorar um choro bem chorado, sonoro ou calado? Mais precisamente, daqueles de “lavar” literalmente a alma para aliviar, tirar o nó da garganta e escorrer pela face. A melhor forma é de dentro para fora, sem pensar, apenas chorar.

Quando “engolimos” o choro, fatalmente adoeceremos, seja física ou emocionalmente e, na maioria das vezes, é fruto dessa dor que nos dói fundo, muito fundo, porque transformamos as lágrimas em mais dor.

Eu considero a dor da perda a mais absurda que um ser humano pode experimentar. É dor no amago. Por isso, deixo aqui as seguintes palavras: ame, abrace, verbalize seus sentimentos. Seja grato por mais um minuto de vida porque o que temos é o AQUI e o AGORA!

Muita luz,

Márcia Torres Quannyn.